Uma feirante de 23 anos foi morta a tiros na porta da casa onde residia com a família no município de Malhador. O crime ocorreu no povoado Buqueval, uma comunidade localizada entre Malhador e o município de Riachuelo. A família está surpresa e acredita que a jovem foi morta por engano.

O corpo da jovem, identificada como Maria da Paixão Silva, chegou ao Instituto Médico Legal (IML) às 21h da quinta-feira, 27. A vítima chegou a ser socorrida com vida, mas faleceu no Hospital de Caridade na cidade de Riachuelo. O segurança Wilton Mota, irmão da vítima, informou que Maria da Paixão tinha uma vida tranquila com a família, trabalhava junto com o marido na zona rural e vendia a produção em feira livre na região.

Maria da Paixão tinha vida pacata e comercializava alimentos em feira livre (Foto: Arquivo da Família)

A motivação do crime é desconhecida. “A gente suspeita que foi crime de execução e foi por engano”, comenta o irmão, ainda em estado de choque. “Ela morava com o marido e os filhos. O marido trabalhador, trabalha na roça e vende na feira com ela. Só pode ser por engano”, observou.

O homicídio foi praticado por volta das 17h da quinta-feira, 27. Dois homens se aproximaram da vítima em uma motocicleta, dispararam a arma de fogo e, logo em seguida, fugiram. Os vizinhos ouviram o barulho de pelo menos três tiros, segundo o irmão da vítima. O crime chocou a comunidade e será investigado pela Polícia Civil.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.