Halima Cisse, de 25 anos, deu à luz nove bebês nesta terça-feira, 4. Durante exames gestacionais, os médicos detectaram que a mulher do Mali estava esperando sete crianças. Porém, a mãe foi surpreendida com duas crianças a mais após a cesárea realizada no Marrocos. As cinco meninas e os quatro meninos estão em bom estado de saúde, contrariando um histórico trágico de nascimento de gêmeos múltiplos. Nos únicos dois casos conhecidos de gestações de nove bebês  – o primeiro em uma mulher da Austrália em 1971 e o segundo em uma mulher da Malásia em 1999 – nenhum dos recém-nascidos sobreviveu. Além disso, os primeiros óctuplos que sobreviveram nasceram em 2009 de uma mulher dos Estados Unidos que os concebeu por fertilização in vitro.

A ministra da Saúde do Mali, Fanta Siby, felicitou as equipes médicas do seu país e também do Marrocos pelo “feliz resultado” da gestação de Hamila Cisse. A gravidez se tornou um assunto recorrente na imprensa malinesa mesmo quando se pensava que a mulher estava carregando “apenas” sete bebês. Como havia preocupações com o bem-estar da gestante e das crianças, o governo do Mali decidiu intervir e bancou sua estadia de duas semanas em um hospital da capital Bamako. Porém, decidiu-se no dia 30 de março que seria melhor transferi-la para receber atendimento médico no Marrocos, onde ela passou outras cinco semanas. Espera-se que Halima Cisse e seus nove filhos voltem para casa dentro de algumas semanas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.