13774367231708202153-iran-2Um assassinato ocorreu na último sábado,24,na Avenida Senador Rui Palmeira, centro de Inhapi, e teve como vítima  José Iran Ferreira, conhecido como “Iran de Zé de Sicuta”. O rapaz foi assassinado com vários disparos de arma de fogo, na noite deste sábado (24), por volta das 19h40, tendo como autor do crime dois indivíduos ainda não identificados que acabaram fugindo sem deixar pistas.

Segundo informações levantadas pela polícia junto a algumas testemunhas,”Iran de Zé de Sicuta” e mais dois amigos caminhavam juntos pela Avenida, quando duas pessoas em uma motocicleta Honda CG 150cc, de cor preta e placa não anotada, surpreenderam o rapaz e efetuaram cerca de cinco tiros praticamente a queima-roupa, fugindo logo em seguida.

Testemunhas contam que o jovem ainda tentou correr, mas foi atingido com dos disparos nas costas e acabou caindo desacordado. O fato ocorreu em frente à farmácia Siqueira. O jovem ainda chegou a ser socorrido e levado em uma ambulância do município para o Hospital Regional, em Santana do Ipanema, mas acabou morrendo ao chegar próximo ao povoado Carié, em Canapi.

De acordo com informações também passadas á policiais do Grupamento de Polícia Militar (GPM) da cidade, os assassinos usavam capacetes, e um deles, estava trajando um blusão preto. Após o crime, os criminosos fugiram tomando destino ignorado.

O jovem assassinado já havia sofrido tentativa de homicídio antes de ser assassinado

A reportagem do Portal96.com foi informada no IML de Arapiraca, que recebeu o corpo do rapaz, que Iran já tinha sofrido uma tentativa de homicídio em novembro de 2011, quando estava na companhia de amigos em frente a sua  residência, no Conjunto Habitacional (COHAB), quando foi atingido por tiros efetuados por um homem não identificado. Naquela ocasião, o rapaz conseguiu escapar, já que a maioria dos tiros atingiram sua barriga. Já no último sábado, o rapaz não teve a mesma sorte.

Na manhã deste domingo,25,por volta das 10:00 hs, tentamos manter mais um contato e saber mais detalhes no IML de Arapiraca junto á parentes, mas estes ainda estavam sendo aguardados para fazerem o reconhecimento do corpo da vítima, que permanecia no órgão citado e pronto para ser liberado para o sepultamento.

Fonte: 96Fm

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.