bandidosUma operação desencadeada no início dessa manhã desta quarta-feira, 23, na praia da Caueira, em Itaporanga D’Ajuda, localizou um dos traficantes mais procurados de Estância. Michel dos Santos Caetano, conhecido como ‘Michel do Olhinho’, reagiu contra as equipes da Delegacia Regional de Estância e do Grupo Especial de Repressão e Buscas (Gerb) da Polícia Civil e acabou alvejado e morto dentro da confortável casa de praia onde se escondia.

A operação foi coordenada pelos delegados André David e Hugo Leonardo, com apoio da Divisão de Inteligência Policial (Dipol). Segundo André David, o suspeito tinha quatro mandados de prisão em aberto pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas e o período em que se encontrava foragido praticou diversos outros crimes, sendo um de grande repercussão.

img567aa3f0de9f6“No início deste ano, Michel Olhinho, armado com uma pistola .40, ameaçou de morte o juiz de Estância dentro do fórum da cidade. A polícia foi acionada e ele conseguiu escapar. Em outras duas oportunidades, montamos operações para capturá-lo, mas ele novamente conseguiu fugir, deixando para trás uma pistola calibre .40, uma pistola 9mm e dois revólveres calibre 38”, explicou o delegado André David.

O delegado ressalta que as investigações para prender o suspeito duraram cerca de um ano. “Ele matou muitos rivais e pessoas inocentes e era um dos maiores traficantes no varejo de Estância. Além disso, sua atuação não se restringia ao município de Estância, mas ampliava a rede criminosa da quadrilha para os municípios de Itabaianinha e Umbaúba e Dias D’Ávila, Girau e Esplanada, estes três últimos na Bahia”, disse.

Investigação

img567a8e47839bdPara a polícia, o sucesso da operação realizada nessa quarta-feira se deve as investigações eficientes sobre a movimentação de Michel, que pernoitava em três residências diferentes. Diversos outros membros da quadrilha já foram presos. Também foram presos pela polícia, Rafael dos Santos, 26, e Luana dos Santos, 20, no conjunto Albano Franco, em Estância. “Eles eram soldados do tráfico, ou seja, eram responsáveis por vender pequenas quantidades de drogas no varejo”, explicou o delegado.

Com informações da SSP/SE | HS 24 HORAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.