noticia_21924O vice-campeão do Nordeste fez, na noite desta quarta-feira (10), a sua estreia na Copa do Brasil enfrentando o Santa Cruz-RN, no estádio Iberezão, no Rio Grande do Norte. O jogo terminou empatado em 0 a 0 e com isso o ASA precisa vencer no jogo de volta em Arapiraca. Um novo empate em 0 a 0 levará a decisão para os penaltis. Empate com gols dará a classificação ao Santa Cruz.

Sob o olhar atento de pouco mais de 800 torcedores, o ASA entrou em campo com o objetivo de eliminar o jogo de volta na competição, ou seja, vencer por dois gols de diferença para se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil.

Mesmo contando com a volta do goleiro Gilson, o treinador Edson Gaúcho teve que quebrar a cabeça para escalar o alvinegro para este jogo. O treinador não contou com o zagueiro Fabiano, suspenso, e com boa parte do elenco entregue ao departamento médico (DM): Edson Veneno, Wanderson, Jabá e Rodrigo Dantas.

Após atuar contra o ABC, pelo Campeonato Potiguar, o Santa Cruz teve o retorno de quatro reforços para a sua estreia no certame. O atacante Alvinho, o meia Erivélton, o atacante Mauricio Pantera e o lateral esquerdo Luiz Carlos, foram escalados pelo técnico Gilberto Gaúcho.

Escalação:

O Santa Cruz foi escalado com: Marcelo Galvão, Nino, Romeu, Geovane e Luiz Carlos; Bruno Recife, Leomir, Erivelton e Janeudo; Alvinho e Maurício Pantera
Técnico: Gilberto Gaúcho

O ASA entrou em campo com: Gilson, Osmar, Tiago Garça, Rafael Pedro e Chiquinho;
Cal, Jorginho, Pedro Silva e Didira; Thalysson e Léo Gamalho
Técnico: Edson Gaúcho

Arbitragem:

Eder Caxias Meneses (CBF-PB)
Auxiliar 1: Broney Machado (CBF-PB)
Auxiliar 2: Kildenn Tadeu Morais de Lucena (CBF-PB)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.