Foto: Redes Sociais

Preso por um homicídio cometido em julho de 2007 em Paulo Afonso, Alexsandro Bezerra da Silva, o ” Bruxo” foi espancado até a morte dentro do Conjunto Penal de Paulo Afonso, Bahia.

A morte ocorreu na tarde desta segunda-feira (10). Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o corpo de “bruxo” no corredor de uma das alas do presídio. No vídeo é possível ouvir a fala de uma pessoa relatando como a vítima foi morta: “Foi só porrada, está com as costelas todas quebradas, o peito está todo esbagaçado.”

O corpo foi levado pelo Departamento de Polícia Técnica para o IML local. Os motivos do crime ainda estão sendo apurados.

“Bruxo” era um dos acusados de matar mototaxista no Parque Belvedere em 2007

Alexsandro Bezerra da Silva foi preso em fevereiro de 2013 em uma operação conjunta dos policiais civis do S.I (Serviço de Investigação) de Paulo Afonso, com policiais civis da regional de Senhor do Bonfim/BA, na cidade de Campo Formoso-BA, pelo motivo do mesmo possuir Mandado de Prisão Preventiva, pela prática de latrocínio, fato ocorrido no dia 19/08/2007, no Parque Belvedere, onde foi vítima o motoboy de nome Márcio Luiz Cordeiro dos Santos.

Relembre o caso ocorrido em 2007

Na madrugada do domingo, dia 19 de agosto de 2007, portanto há 13 anos, Márcio Luiz, a vítima, encontrava-se com uma garota quando o casal foi abordado por dois elementos que tomaram de assalto um aparelho celular, a quantia de R$ 15,00 e a moto CG Titan. Logo após o roubo, os acusados efetuaram um disparo de arma de fogo na cabeça do mototaxista.

De acordo com informações da polícia à época, o outro comparsa de Alexsandro, Jorge Cícero Honorato de Oliveira, encontrava-se preso em Salvador, pela prática do referido crime, além de outro homicídio ocorrido também em Paulo Afonso – BA.

Vídeo: Ozildo Alves

Mototaxista é assassinado no Parque Belvedere

O mototaxista Márcio Luiz Cordeiro dos Santos de 31 anos, casado e pai de dois filhos, morador da Rua Marechal Castelo Branco, foi assaltado e morto com um tiro na cabeça, quando estava na companhia de sua colega de trabalho (ambos trabalhavam na empresa de motáxi Moto-Flash), no Parque Belvedere – Chesf.

O latrocínio aconteceu na madrugada de sábado (18) para domingo (19). Dois elementos um deles armado com um revólver, abordaram as vítimas anunciando o assalto. Logo em seguida, os obrigaram a deitar no chão, após subtraírem do mototaxista um celular e a quantia de R$ 15,00 (quinze reais).

Mesmo deitado com o rosto para baixo, Márcio levou um tiro a queima roupa na parte de trás da cabeça. Após a execução, os elementos fugiram do local levando a moto da vítima, uma Titan 150, cor preta, placa JQG 2316. Márcio Luiz ainda foi socorrido por populares com vida para o Hospital Nair Alves de Souza e de lá para um hospital de Aracaju, aonde veio a falecer.

O corpo do mototaxista foi velado na residência dos pais dele no Bairro Tancredo Neves. O cortejo para o sepultamento que ocorreu às 10h de hoje (20), foi marcado por um grande número de motoqueiros e mototaxistas, que revoltados com a brutalidade e covardia do crime, clamavam por justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.