O diretório municipal do partido Cidadania, antigo Partido Popular Socialista (PPS), informou nesta sexta-feira (23), através de ofício, que após uma reunião extraordinária foi acatada a recomendação de expulsão do vereador de Aracaju Palhaço Soneca do quadro de filiados do partido, em virtude da representação oferecida ao diretório pelo conselho de ética.

O conselho de ética do Cidadania entrou com a representação depois de o vereador ser flagrado em uma festa, enquanto estava afastado, por questões de saúde, das funções da Câmara de Vereadores de Aracaju.

O documento foi assinado pelo presidente do partido, em Aracaju, Emerson Ferreira da Costa, e destaca ainda, que os prazos para recursos serão contados a partir do recebimento do comunicado.

Vereador Palhaço Soneca (Cidadania) — Foto: Gilton Rosas/CMA/Divulgação

Em nota, o vereador disse que considera a decisão uma atitude de perseguição política e que não vai recorrer da decisão. Além disso, vai analisar o convite de outros grupos políticos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.