Correria, pânico e tiros. Assim foi marcado o sepultamento do corpo de Jailton Alves da Silva, de 43 anos,  na tarde desta terça-feira (11), no bairro Queimadinha, em Feira de Santana. Viaturas da Polícia Militar foram acionadas para prender homens suspeitos de disparar vários tiros nas pessoas que participavam do velório.

 

A operação teve a participação de policiais de todas as companhias independentes da Polícia Militar de Feira de Santana. Jailton Alves da Silva foi assassinado na noite de segunda-feira (10) quando participava uma partida de futebol. A irmã da vítima, Maria de Fátima Silva Pereira, disse para a reportagem do  Acorda Cidade que um homem conhecido como Lan, acusado de ter matado a vítima, não queria que o velório fosse realizado porque a família o denunciou à polícia.

“Lan matou Jailton achando que ele era informante da polícia. Ele é envolvido com o tráfico de drogas e por pouco não atingiu as pessoas que estavam no velório”, disse a irmã. Com o apoio dos policiais o cortejo seguiu para o cemitério São Jorge, onde  o corpo de Jailton foi sepultado. O acusado conseguiu fugir.
Por: Redação HS 24 horas 
Fotos:
Fonte: Aqui Acontece

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.