O bando estava fortemente armado e contou com o apoio de dois automóveis
O bando estava fortemente armado e contou com o apoio de dois automóveis

A ousadia dos criminosos em Alagoas não possui mais limites. Na madrugada desta segunda-feira (19), uma quadrilha fortemente armada invadiu o presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza, em Arapiraca e resgatou três presidiários.

Ainda não existem informações mais detalhadas. A Superintendência Geral da Administração Penitenciária (SGAP), ainda está apurando a ousada ação criminosa. Um quarto detento, foi baleado durante a ação criminosa.

“Ainda estamos apurando o que realmente aconteceu. Até o momento sabemos que foram dois veículos que pararam na frente da unidade prisional e começaram a atirar contra os agentes penitenciários”, disse o superintendente tenente-coronel Carlos Alberto Luna.

Na ação, três presos conseguiram escapar e um quarto acabou sendo baleado. Ainda segundo Luna, logo que começaram os disparos, algumas paredes foram quebradas e assim houve a fuga. “Logo que os disparos iniciaram, paredes foram quebradas e os detentos foram resgatados. A ação criminosa deve ter relação com a inauguração do presídio de Craíbas”, completou.

Presídio frágil

O superintendente ainda teceu críticas à estrutura do presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza. “A unidade prisional é frágil. Não deveria jamais abrigar presos. Precisamos tomar medidas urgentes para preservar os detentos. Devido à transferência para o novo presídio que deve ocorrer em setembro, novas ações criminosas podem acontecer”, concluiu o superintendente tenente-coronel Carlos Alberto Luna.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.