Foto por: Assessoria
Foto por: Assessoria

Uma operação conjunta da Polícia Civil de Alagoas por meio da Delegacia de Homicídios (DH), Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) e da Polícia Federal, prendeu nesta sexta-feira (21), Tallys Sena da Silva, 22, conhecido como “picapau”, acusado de vários homicídios cometidos no Estado.

Tallys estava foragido do presídio Cyridião Durval, desde o dia 28 de dezembro de 2013, e foi localizado pelas policias no município de Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco.

Segundo o delegado Medson Maia, da Delegacia de Homicídios (DH), que comandou a ação, juntamente com o delegado Paulo Cerqueira da Deic, “picapau” estava detido desde janeiro de 2013, respondendo por vários processos de crimes, quando fugiu.

O delegado Medson explicou que ele estava sendo investigado porque após a fuga, o número de homicídios em Rio Largo aumentou. “Com a fuga, o município teve cerca de 16 assassinatos que ocorreram em janeiro, e após operações que estamos deflagrando, em fevereiro foram cerca de três homicídios registrados no município. Ele e um comparsa conhecido como “foguinho”, estavam amedrontando a cidade”, disse o delegado Medson.

Thallys responde por vários homicídios cometidos em Rio Largo. No mês de outubro de 2010, ele e outro acusado mataram dois homens; em março de 2012, ele assassinou outra dupla; no dia 12 de outubro de 2012, cometeu o mesmo crime e no ano de 2011 e 2012, ele executou três homens no município citado. Em Maceió ele, assassinou uma vítima em janeiro de 2012, no bairro Santos Dumont.

“Picapau” responde criminalmente também por porte ilegal de arma de fogo, delito cometido em abril de 2012.

“Com essa prisão esperamos reduzir os índices de criminalidade no Estado e na região de Rio Largo, Thallys foi autuado e está sendo conduzido ao presídio, onde ficará a disposição da Justiça”, concluiu o delegado Medson.

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.