Durante o fim de semana, as ações do 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM) resultaram na desarticulação de associações criminosas ligadas ao roubo e adulteração de veículos na cidade de Lagarto, resultando em prisões e recuperação de carros e motocicletas. No decorrer das ações policiais, um homem também foi detido por agredir e ameaçar a própria mãe.

No final da manhã do sábado, 10, policiais da unidade desarticularam uma associação criminosa que roubava carros e os adulteravam. Eles vendiam os veículos para receptadores, que mesmo cientes das procedência ilegal, circulavam com os carros. Com eles, foram apreendidos diversas unidades de Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) falsos, utilizados para dificultar a fiscalização de órgãos de trânsito.

Na ação policial, foram presos Ricardo Lisboa Rodrigues, 36 anos; Julio Oliveira dos Santos, 30; e Marcos Jefferson Santos da Silva, 26. Com o grupo, os policiais apreenderam três carros. Eles foram encaminhados para a Delegacia Regional de Lagarto para adoção das medidas necessárias ao caso.

Foto: SSP

Na noite do mesmo dia, os policiais prenderam duas pessoas no povoado Genipapo. Jailson de Santana Santos, 25, foi detido por receptação de uma motocicleta roubada no mês de fevereiro , no povoado Itaperinha. Ele confessou ter comprado o veículo de Maurício Freire dos Santos, 22, que já tinha sido preso por ter sido flagrado com uma motocicleta roubada. Os detidos também foram conduzidos à delegacia.

Já na manhã do domingo, 11, os policiais do 1º Pelotão do 7º BPM realizaram diligências e localizaram uma motocicleta com restrição de roubo ou furto. O veículo foi encontrado abandonado na Zona Rural de Lagarto, no povoado Genipapo. No final da tarde, uma outra motocicleta foi recuperada em um assentamento. O veículo foi localizado por meio de denúncias; e estava sem nenhuma numeração, sem placa e pronto para ser desmanchado.

Prisão por agressão e ameaça

Na manhã do sábado, 10, policiais militares do 1º Pelotão do 7º BPM, sediado no povoado Colônia 13, prenderam um homem de 33 anos por agredir e ameaçar com uma faca a própria mãe. Ele foi enquadrado na lei Maria da Penha e encaminhado à Delegacia Regional de Lagarto para adoção das medidas legais cabíveis ao caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.