Dr. Wlademir é acusado de executar um jovem e estaria escondido em fazendas de seus familiares no sertão alagoano
Dr. Wlademir é acusado de executar um jovem e estaria escondido em fazendas de seus familiares no sertão alagoano

A Justiça pernambucana expediu mandado de prisão contra o veterinário Wlademir Eugênio de Medeiros, 29 anos, conhecido na cidade pernambucana de Águas Belas como, Dr. Wlademir. O foragido é acusado de participar do assassinato de um jovem no dia 22 de fevereiro deste ano. Segundo as informações policiais, ele é primo do ex-governador de Alagoas Jose Wanderley e estaria escondido em propriedades da família no sertão alagoano.

Dr. Wlademir é acusado de participar com mais quatro homens do assassinato do jovem Erinaldo da silva, 22 anos, crime registrado em fevereiro deste ano. Os cinco acusados teriam invadido a residência da vítima que conseguiu fugir, sendo perseguindo e alvejado com um disparo na cabeça. A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Na noite desta quinta-feira (25), em cumprimento a mandados de prisão decretados pelo juiz de direto Rômulo Macêdo de Barros, a pedido do Ministério Público de Pernambuco, policiais lotados na delegacia de Águas Belas, local do crime, efetuaram a prisão de Leonardo Machado Ferro, 21 anos e Rafael Edmo de Melo Leite, 21 anos. Com os acusados, foram apreendidas duas armas de fogo e um simulacro de pistola .45mm.

Ainda continuam foragidos, Wladimir Eugênio de Medeiros, Luís Carlos de Brito e Robson Targino Costa. A polícia pede a quem tiver qualquer informação, entrar em contato através dos números: Delegacia de Águas Belas (87)3775-3914/3915 e delegacia de Garanhuns (87)3761-8206/8207. O anonimato será preservado.

 

Fonte : Aqui acontece

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.