Uma operação deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (13), em Arapiraca resultou na prisão de três pessoas, além de animais silvestres e uma arma de calibre 38. As equipes da Polícia Civil cumpriram mandados de busca e apreensão, em dez pontos do município.

Segundo o delegado Izaías Rodrigues, foram detidos o segurança Erivaldo Lopes dos Santos – que foi liberado após pagamento de fiança no valor de três salários mínimos (R$ 2.034,) – e Edilson Gomes de Lira, o Ed 10.

O mandado de prisão aponta Ed 10 como acusado pelo assassinato de três pessoas, no bairro Canafístula, em janeiro deste ano. Ao chegar à casa do suspeito, no bairro Itapuã, Erivaldo, que trabalha como segurança, também foi detido por porte ilegal de arma. Ed 10 continua detido na Central de Polícia, no bairro Baixão.

Já Francisca Balbino da Silva, de 48 anos, foi detida em flagrante por manter animais silvestres em cativeiro e liberada, em seguida. Na casa dela, foram encontrados quatro pássaros e dois saguis. Uma das aves morreu durante a operação.

“Ed 10”

Edilson Gomes de Lira é militar reformado e já foi preso, em 2009 e 2010, acusado de crimes de pistolagem e roubos de carga, nas operações ‘Tamaron’ e ‘Estanque’. Ele é dono ainda de uma casa de show, pousada e um bar.

Vítimas

A chacina que deu origem à operação ocorreu no na madrugada do dia 26 de janeiro, no conjunto Frei Damião (Canafístula), quando homens fortemente armados e utilizando revólveres e espingardas calibre 12, invadiram uma residência na Rua 05, e executaram com vários tiros Fabiano Santos Silva, 18 anos, conhecido como “Binho”, e um adolescente de 16 anos (José Daniel dos Santos Silva).

A terceira vítima da chacina foi retirada pelos criminosos do interior da casa e atingida por tiros de vários calibres na frente da residência. Ela foi identificada como José Renato Alves da Silva, 22, que foi socorrido e conseguiu sobreviver.

Fotos:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.