Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

No último final de semana, uma senhora que residia na rua Padre João Evangelista morreu com suspeita de dengue hemorrágica. Segundo o repórter do progama Diário da Manhã, da rádio Betel FM 104,9, Tony César ainda não há confirmação do caso.

Ainda de acordo com informações, o soro será encaminhado para um laboratório em Salvador ou Aracaju, onde será avaliado. “Em caso de suspeita da doença, a pessoa deve procurar imediatamente uma Unidade de Saúde e não tomar medicamentos sem orientação médica. A hidratação é muito importante. É fundamental que cada um, em sua residência, seja um agente na destruição dos focos da doença”, pontua um médico Infectologista.

Na quinta-feira (04) a secretaria de saúde, realizou um faxinaço modelo no povoado Juá visando a prevenção e controle da dengue no município de Paulo Afonso. O Projeto de Mobilização Social foi promovido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB) e a Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM).

O povoado foi escolhido por apresentar índices elevados de infestação do mosquito Aedes aegypit transmissor da dengue e de casos da doença. Um funcionário ressalta que a dengue possui duas formas de dengue: a clássica e a grave. Os principais sintomas da doença são febre, dor de cabeça, atrás dos olhos, no corpo e nas articulações. Caso não seja tratada adequadamente, a doença em estágio grave pode causar sangramento, choques e levar à morte.

Fonte:Agência ANPA – Por Luiz Brito DRT/BA 3.913

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.