Faleceu na manhã desta terça-feira (14) o meio campista Nilson Sergipano. O jogador estava em casa, quando se sentiu mal e foi encaminhado às pressas para um hospital, porém, não resistiu. Leonilson Rocha Santos, 40 anos, defendeu o ASA em 2008 e 2009. Teve como último clube o Coruripe em 2017. Em 2018 descobriu um tumor no nariz. Em janeiro deste ano, Luizinho, ex-zagueiro do Sergipe e irmão do jogador, revelou que os exames médicos constataram que era agressivo.

Diante do diagnóstico, Nilson Sergipano iniciou imediatamente o tratamento e foi submetido a sessões de quimioterapia e radioterapia. O tratamento surtiu efeito e houve o controle do câncer, entretanto, surgiram sequelas. De acordo com o irmão do jogador, em 2019, Nilson sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), comprometendo os movimentos do lado esquerdo do corpo.

Nilson residia em Carmópolis (SE), onde o corpo será sepultado. Apesar dos problemas de saúde,  sempre se manteve discreto. Mas a família chegou a desenvolver uma campanha para ajudar a custear o tratamento.

O meio campista Nilson Sergipano foi revelado no Sergipe (SE) e atuou também por Pirambu (SE), ASA (AL), Confiança (SE), Marcílio Dias (SC), Metropolitano (SC), Estanciano (SE), Dorense (SE), Maruinense (SE), Guarani de Juazeiro (CE) e Coruripe (AL).

Técnico ASA lamenta a morte do jogador

O técnico do ASA, Lorival Santos, lamentou a morte do jogador. “Foi meu atleta lá no Sergipe, com 16/17 anos colocamos lá no profissional. Infelizmente, perdemos um guerreiro hoje. Aqui nossos sentimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.