Policiais civis da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) de Sergipe participaram no final da tarde dessa quarta-feira, 29, do cumprimento de um mandado de prisão, com a Coordenação de Operações Especiais da Polícia Civil da Bahia (COE/BA), no município de Propriá. O alvo era o líder de uma facção criminosa envolvida com o tráfico de drogas, acusada de planejar a morte de um delegado e um investigador de polícia do estado vizinho. Deivisson Lima de Jesus reagiu à prisão e morreu em confronto.

A facção de Deivisson era investigada pela Delegacia Regional de Senhor do Bonfim (BA), que identificou membros da organização criminosa apontada como responsável por diversos crimes violentos e tráfico de drogas. Também foi constatado que esse grupo preparava-se para executar um plano com o objetivo de matar um delegado e um investigador da Polícia Civil da Bahia.
 

Antes de executar o plano, o grupo descolou-se até o município de Senhor do Bonfim para praticar uma chacina, mas entrou em confronto com policiais civis da cidade e parte do bando veio a óbito. Porém, o líder da facção fugiu para o Estado de Sergipe, com o objetivo de se esconder em Propriá.

Foto: SSP

Após alguns dias de levantamentos do setor de inteligência, policiais da COE/BA e da Core/SE desencadearam a operação. No momento da entrada tática, o foragido reagiu contra os policiais, que foram obrigados a revidar a injusta agressão. O preso foi socorrido e levado para o hospital de Propriá, mas não resistiu aos ferimentos.

Foto: SSP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.