Crime registrado no município de Viçosa

Um jovem de 27 anos identificado como José Francisco da Silva foi preso na noite desta quinta-feira, 18, acusado de estuprar a própria filha de apenas 1 ano e três meses de vida. O crime foi registrado na semana passada no município de Viçosa, localizado a 96 km da capital Maceió, mas só agora veio à tona.

De acordo com as informações policiais, depois da criança apresentar inquietação foi levada á Unidade de Pronto Atendimento do município. Lá chegando, os médicos a examinaram e perceberam que algo estranho tinha acontecido em sua região genital. Exames mais detalhados encontraram esperma na vagina da menor.

Ainda segundo as informações policiais, José Francisco nega que tenha havido penetração, mas confirma que fez carícias nas partes íntimas da garota e que se masturbou até ejacular no corpo da menor. Mesmo que não tenha ocorrido a conjunção carnal, o crime de estupro de vulnerável está configurado nas circunstâncias do Código Penal Brasileiro.

A investigação está sob a responsabilidade do delegado Regional de Viçosa, Antônio Nunes, que solicitou a prisão temporária do acusado. O mandado de prisão foi expedido pela juíza Lorena Carla Santos. O Conselho Tutelar da cidade acompanha o desenrolar do caso que revoltou a comunidade local. Caso seja condenado, José Francisco pode pegar uma pena de até 15 anos de prisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.