Há exatos dois meses que Penedo não registrava um assassinato. O último, até então, era o do adolescente, Daniel de Araújo Santos, 17 anos, raptado em uma lan house no conjunto Rosete Andrade e, encontrado morto na Fazenda Grabussu, zona rural de Penedo, no dia 13 de março. E nesta segunda-feira (13), a criminalidade na cidade ribeirinha voltou assombrar.

O jovem José Alexandre Lima dos Santos, 30 anos, foi assassinado a golpes de faca e pedrada, nesta tarde, na Prainha Doce de Penedo. Após o homicídio, o corpo foi jogado no Rio São Francisco. Segundo as informações policiais, o assassinato foi comunicado ao 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Penedo, via Copom.

Uma viatura de resgate do 6º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), sediado em Penedo, se dirigiu ao local e fez a remoção do corpo do jovem das águas do São Francisco. O assassinato não teve testemunhas. Porém, um popular informou a nossa reportagem que viu quando duas pessoas correram em direção a Ilha do Jegue.

Militares estiveram no local para realizar os primeiros levantamentos e encontraram a arma branca que pode ter sido usada no crime. A vítima, José Alexandre Lima dos Santos, 30 anos, estava portando todos os seus documentos no bolso da bermuda. Ele era filho de José Alves dos Santos e Emilda Lima dos Santos.

Peritos do Instituto de Criminalística foram acionados para realizar os primeiros levantamentos. Depois de periciado, o corpo foi conduzido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML), para Arapiraca. Até o fechamento desta matéria, nenhum familiar do jovem apareceu para reconhecer o corpo.

Homicídio aconteceu em frente a Regional de Penedo

No momento do crime, policiais da 7ª Delegacia Regional de Penedo, estavam atendendo ocorrências nas cidades de Piaçabuçu, Coruripe e São Sebastião. Segundo informações extraoficiais, a DP de Penedo conta hoje com apenas quatro agentes, que também atuam como carcereiros, tomando conta de 66 presos.

 

Fotos:

 

Fonte: Aqui acontece

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.