(Foto: Mais Notícias/WhatsApp)

No final da madrugada desta quarta-feira (04) uma mulher de 63 anos foi vítima da ação de criminosos, utilizando camisas para esconder os rostos, no Povoado Caraíbas, zona rural do município de Itabaiana, região do Agreste sergipano.

O caso aconteceu por volta das 5h, quando dois elementos, inclusive um deles se encontrava apenas de cueca, renderam uma família, sob ameaça de uma arma de fogo, a procura de dinheiro, e segundo relato de uma das vítimas os indivíduos informaram que estavam fugindo da justiça, ou seja, eram foragidos do sistema prisional.

Inicialmente, os assaltantes amordaçaram o senhor Tonho de Bem, e depois reviraram a casa da vítima, de onde subtraíram dinheiro e aparelhos de telefones celulares. Na tentativa de proteger o marido e um filho, que estavam sendo torturados pelos meliantes, a dona de casa Maria de Lourdes Lima da Silva se dirigiu aos elementos, quando foi atingida com um tiro no pescoço e outro no tórax, na altura do peito.

A cidadã ainda conseguiu correr, mas caiu dentro da residência e devido à gravidade do ferimento, evoluiu a óbito no local, enquanto os bandidos tomaram destino ignorado. O fato chocou os moradores da região, por se tratar de uma pessoa de bem e bastante conhecida na comunidade.

Maria de Lourdes era natural de Itabaiana (SE), deixou esposo, três filhos, além de netos e bisnetos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.