A falta de conhecimento, unida a prática criminosa, não acabou bem na madrugada desta quinta-feira (13). Um homem ainda não identificado morreu eletrocutado ao cortar cabos elétricos energizados de 13.8 KV, em uma subestação abrigada pertencente à Usina Marituba, que fica localizada nas imediações do povoado Alagoinhas, zona rural de Igreja Nova. Isso, usando apenas um simples alicate.

[singlepic id=294 w=250 h=240 float=right]Segundo as informações passadas pela guarnição que foi atender a ocorrência, o corpo foi encontrado por populares no início desta tarde.

No teto da subestação da casa de bombas, pertencente a uma tiborna da usina, ficou um alicate que estaria sendo usado no furto e próximo do corpo, uma lanterna e uma bolsa que provavelmente seria usada para transportar os cabos.

Ainda em cima do teto, existem marcas de sangue, o que leva a supor que o homem estava no poste cortando os cabos quando recebeu a descarga, sendo arremessado e vindo a se ferir com a queda. Ele ainda se arrastou por cerca de 10 metros, onde morreu. O corpo da vítima que aparenta ter uns 30 anos estava com várias marcas de queimadura.

Peritos do Instituto de Criminalística foram acionados para realizar os primeiros levantamentos. Depois de periciado, o corpo foi conduzido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML), para Arapiraca. Até o fechamento dessa matéria, nenhum familiar da vítima apareceu para reconhecer o corpo.

 Da redação HS 24 horas

Fotos:

[nggallery id=35]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.