Um homem identificado como Genilson Kheven Maykho Hortega, que fingia ser delegado da Polícia Federal, foi preso, na segunda-feira (13), em Paulo Afonso. Segundo a polícia, o suspeito utilizava uma carteira funcional falsificada.

Genilson foi descoberto após a polícia ter conhecimento de que ele se identificava como delegado. No momento da prisão, ele apresentou uma carteira funcional digital com QR code falso. À polícia, o suspeito alegou que fingia ser policial para matar uma pessoa.

Na casa dele, a polícia encontrou um simulacro de arma de fogo, um simulacro de espingarda, uma luneta, uma espingarda, um notebook roubado, dois aparelhos de celulares roubados, duas camisetas polícia federal, duas gandolas camufladas, uma calça camuflada, um chapéu camuflado e uma par de coturno.

Segundo a polícia, os agentes perceberam que o suspeito apresentava as mesmas características do “assaltante” que roubou um estabelecimento comercial no último dia 8.

O suspeito foi encaminhado para a delegacia de polícia juntamente com todo material apreendido para adoção das medidas cabíveis. Ele tem passagens pela delegacia por outros crimes, segundo a polícia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.