corpo de mulher que segundo a policia foi morta pelo filho e guardada em uma geladeira
corpo de mulher que segundo a policia foi morta pelo filho e guardada em uma geladeira

Édson de Carvalho Condé, 42, confessou nesta terça-feira (23) , segundo a polícia, ter estrangulado a mãe de 72 anos e colocado seu corpo em uma geladeira no apartamento onde moravam, no bairro Cidade Satélite Santa Bárbara, zona leste de São Paulo. Segundo a polícia, ele é esquizofrênico.

O crime teria acontecido entre sexta-feira e sábado da última semana. Condé foi preso e encaminhado para o 49º DP (São Mateus). A investigação trabalha com a hipótese de que ele teria matado a mãe após ela negar dinheiro para que ele comprasse drogas.

O suspeito está desempregado e era sustentado pela mãe, pensionista. Ele teria relatado a familiares que cometeu o crime, e eles acionaram a polícia.

Segundo a polícia, parentes relataram que Condé é usuário de crack e cocaína, e uma pequena quantidade de maconha foi encontrada no apartamento.

Ele ainda não tem advogado constituído.

Veja o vídeo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.