A última quarta-feira foi trágica para um dos grande ídolos do futebol brasileiro. Cafu, capitão do pentacampeonato mundial da seleção, em 2002, perdeu o seu filho, Danilo Feliciano de Moraes, de apenas 30 anos. O rapaz morreu após sofrer um infarto enquanto jogava bola com amigos.

Danilo passou mal na festa de aniversário da irmã na casa de Cafu, em Alphaville, na Grande São Paulo.

Ele chegou a ser socorrido no local e foi levado pelo pai e amigos para o Hospital Albert Einstein, em Alphaville, mas sofreu outra parada cardiorrespiratória e não resistiu. A entrada no hospital foi registrada às 21h14 e o horário da morte foi às 22h05. 

O corpo de Danilo está sendo velado desde as 5h desta quinta-feira, no cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes (SP). O sepultamento vai acontecer às 13h30, no mesmo local. 

Danilo (de camiseta branca) morreu na noite da última quarta-feira (4)
Reprodução/Instagram @cafu2

A cerimônia é fechada apenas para familiares e amigos. O ex-jogador não deve se pronunciar. A assessoria de imprensa de Cafu soltou uma nota em que agradece o apoio recebido. “Agradecemos as mensagens e o carinho para com nossa família e pedimos a compreensão de todos neste momento de luto. ” 

O ex-jogador Paulo Sérgio, amigo pessoal de Cafu, afirmou que toda semana, às quartas-feira, Danilo e o pai reuniam amigos para jogar futebol na casa dele.

O filho do capitão do penta já sofria de problemas cardíacos. Há quatro anos ele sofreu um primeiro enfarto. Na época, ele chegou a ficar em observação no hospital. 

Danilo era solteiro e o mais velho entre os três filhos de Cafu com sua mulher Regina, conhecida mundialmente pela declaração de amor feita pelo ex-jogador ao levantar a taça de campeão do mundo. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.