A delegada Ana Luíza Nogueira, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), da Polícia Civil, revelou nesta quinta-feira (20) o nome do acusado de mandar matar o servidor público José Marcolino Júnior, 41 anos. Trata-se do empresário arapiraquense Ivan Ferreira da Silva, 47 anos.

Segundo a delegada, o empresário teve a prisão preventiva decretada pelo juiz Alfredo dos Santos Mesquita, da 8ª Vara Criminal daquela cidade.

No início desta tarde, a delegada comanda uma operação de cumprimento a mandados de prisão, busca e apreensão em estabelecimentos comerciais (postos de combustíveis) e residência, pertencentes ao empresário, na cidade de Arapiraca.

O motivo do crime teria sido uma desavença pessoal entre o servidor público e o acusado.

Na semana passada, a Deic prendeu dois acusados como autores materiais no assassinato: Rusemberg Almeida Silva, 34 anos, e Célio Rodrigo de Lima Silva, 29.

A Deic conseguiu também identificar outros três envolvidos no assassinato: Alan Ferreira da Silva, 24 anos; Jean Carlos de Lima Silva, 26, e Marcelo Agostinho dos Santos, 36, que permanecem foragidos.

Leia mais: Caso Marcolino: Dário César diz que crime está “praticamente elucidado.

Fotos:

[nggallery id=39]

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.