(Foto: Reprodução/TV TEM)

Uma mulher morreu após fazer uma escova progressiva em um salão de beleza, em Ilha Solteira, no interior de São Paulo. Na segunda-feira (16), Lidiane Ferreira dos Santos, de 31 anos, sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu, após passar quatro dias internada na Unidade de Terapia Semi-Intensiva do Hospital Regional.

Segundo a família da vítima, ela realizou o procedimento no último dia 6, mas começou a sentir queimação e irritação na pele e falta de ar. Após ser internada, os médicos informaram que ela estava com muito formol no corpo.

O atestado de óbito emitido apontou que a morte foi causada por parada cardiorrespiratória, alergia a produtos químicos, crise convulsiva e hipotensão. Nesta manhã ela foi enterrada no cemitério municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.