Fotos: Reprodução / Timbauba Notícias
Fotos: Reprodução / Timbauba Notícias

Um empresário se entregou à polícia, nesta quinta-feira, após ter matado a tiros a mulher e o amante dela, no Motel Lago Azul, em Candelária, no Vale do Rio Pardo, no Rio Grande do Sul. O crime aconteceu por volta das 15h30 de terça-feira. Antônio Moacir dos Santos, 35 anos, compareceu à delegacia de Candelária acompanhado de seu advogado e confessou ter matado Tatiane de Oliveira Cortês, de 29, e Juliano Ederson Rodrigues Tavares, 26.

Segundo Rodrigo Marquardt, delegado titular da delegacia de Candelária, que investiga o caso, Antônio Moacir é acusado de homicídio qualificado. Desde o dia do crime, já havia sido expedido um pedido de prisão temporária contra o empresário, apontado como principal suspeito pelo duplo assassinato.

— Na delegacia, o suspeito alegou que recebeu uma denúncia de que a esposa estaria no motel. Então, ele foi até lá. Ele identificou o quarto em que as vítimas estavam e o invadiu. O empresário entrou em luta corporal com o amante da mulher. Depois, ele falou que pegou uma arma que estaria com o rapaz e atirou contra o casal — explicou Marquardt.

Tatiane e Juliano morreram na hora. Os corpos foram levados para o IML local, onde permanecem para passarem por exames. Ainda não se sabe quantos tiros cada um levou. Após o crime, Antônio Moacir fugiu do local em um carro.

Nesta quinta-feira, após prestar depoimento, Antônio foi para o presídio de Candelária, onde está à disposição da Justiça.

Entenda o caso:

Um casal foi morto a tiros dentro de um quarto de motel na tarde desta terça-feira (6), no município de Candelária, no Rio Grande do Sul, às margens da RSC-287. Segundo matéria do site Timbaúba Notícias, Tatiane de Oliveira Cortes, 29 anos, e Juliano Ederson Rodrigues Tavares, 26 anos, foram surpreendidos por um homem que arrombou a porta da garagem do estabelecimento e  subiu até o quarto e efetuou os disparos, matando ambos.

Um duplo homicídio foi registrado na tarde desta terça, 6, no Motel Lago Azul, situado às margens da RSC 287, em Candelária. Tatiane de Oliveira Cortes, 29 anos, e Juliano Ederson Rodrigues Tavares, 26 anos, foram surpreendidos e alvejados a tiros dentro de um dos quartos do estabelecimento. Ainda de acordo com a imprensa local, após os disparos, o autor enrolou uma camisa no rosto e fugiu em disparada até um automóvel branco, com placas de outra cidade, e não foi mais localizado.
 
A Polícia Civil e a Brigada Militar foram até o local e isolaram a área. Uma equipe do Instituto Geral de Perícias, de Santa Maria, analisou a cena do crime. Os corpos foram removidos até o Departamento Médico Legal, de Santa Cruz do Sul, no estado gaúcho.
 
Ainda de acordo com a imprensa local, a principal suspeita é de crime passional. O suposto autor já foi identificado e está sendo procurado pela polícia. Ele possui 35 anos e é sócio de uma funilaria no bairro Rincão Comprido.

 

Fonte: Bocão News

Fotos: Reprodução / Timbauba Notícias

Portal  HS24horas.com.br – De olho na notícia
Você pode contribuir com informações para o portal
E-mail: herivelto@hs24horas.com.br
Whatsapp: (079) 9170.4056 (Disponível apenas para Mensagens e Fotos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.