Durante 22 anos, ele abusou sexualmente das cinco filhas e pelo que tudo indica, ainda engravidou uma das meninas. Heraldo Silva, 54 anos, ex-presidiário, foi preso pela Polícia Civil sergipana, após a filha mais velha, hoje com 30 anos, o denunciar. O caso foi registrado no município de Capela.

Existe ainda a suspeita que Heraldo Silva, 54 anos, tenha engravidado uma das garotas

Em depoimento ao delegado Hugo Leonardo, a filha mais velha que o denunciou, contou que começou a ser abusada aos oito anos e continuou até os 15, cessando após encontrar um companheiro que a tirou de casa. O pai das vítimas e acusado, é tido como um homem de alta periculosidade. Com a saída da filha mais velha, Heraldo Silva começou a abusar de outra filha que atualmente possui 28 anos. A violência só parou depois que casou e também saiu de casa.

Acusado pode ter engravidado uma das filhas

Ainda segundo o delegado, um exame de DNA vai ser solicitado a Justiça, existe a suspeita que uma das filhas violentadas, possui um filho do pai. “Ainda no depoimento, uma delas contou que uma existe fortes indícios que uma das irmãs violentadas possui um filho do pai. Já solicitei a Justiça autorização para que seja realizado um exame de DNA para comprovar a paternidade. A criança tem oito anos”, explicou Hugo Leonardo.

Caçador

Os abusos começaram quando o pai levava as meninas para caçar animais silvestres, com a desculpa que iam ajudar. “Eram em locais totalmente desabitados, no mato, que ele abusava das filhas. Uma das meninas ele a estuprou de forma bem violenta”, contou o delegado, acrescentado que ela fugiu de casa quando ficou adolescente.

Divórcio e medo de denunciar

A mulher do acusado abandonou o marido há 16 anos inconformada com a situação. Desde então, passou a morar sozinho no povoado João Fernando, zona rural de Capela e o acusado mudou o modo de agir para atrair as filhas. “Antes ele levava as meninas para o mato, com a alegação de que iriam ajudá-lo a caçar. Depois da separação, passou a chamar as filhas para casa dele com a argumentação de que iriam realizar tarefas domésticas, como arrumar a residência e cozinhar para ele”, disse.

Mais abusos

Em 2012, Heraldo começou a abusar de outras duas filhas, ambas com 15 e 16 anos. Segundo o delegado, Heraldo é pai de 22 filhos. “O filho mais velho dele cometeu suicídio há cinco anos. Ele era o único que enfrentava o pai, justamente por não concordar com a atitude do chefe da família. O filho tentou suicídio atirando contra se, usando uma arma de fogo, resistiu aos ferimentos. Após se recuperar, tirou a própria vida por enforcamento”, contou o delegado.

Ex-presidiário

Heraldo Silva, 54 anos, foi em preso em 1997 acusado pelo crime de roubo, mas foi resgatado da delegacia de Capela por três homens armados. Quando deixou a cela, espancou e prendeu os policiais no xadrez. O delegado ainda observou que ele é o único da quadrilha que encontra-se vivo, os demais integrantes do bando foram mortos em troca de tiros com a polícia.

No momento da prisão, ele foi encontrado com uma espingarda caseira, um revólver calibre 38, chumbo, pólvora e munições. “Ouvimos as cinco filhas e a mãe em depoimentos separados e contaram histórias convincentes que batem com a realidade. O que é difícil é ver que apesar de tantos anos, elas ainda possuem uma dificuldade enorme em falar sobre os crimes”, concluiu o delegado Hugo Leonardo. O acusado vai responder pelos crimes de estupro de vulnerável e porte ilegal de arma de fogo.

Áudio

Por Redação HS 24 horas com informações

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.