13770810511878396346-836804171e9c5b695a96d2f5ff6bf507Morreu na noite desta terça-feira, 20, o empresário Alfredo Eduardo Lopez, dono da Banca do Argentino, localizada na Praça Luiz Pereira Lima (antiga Praça da Prefeitura).

Segundo informações de amigos, o “Argentino”, como era conhecido em Arapiraca, sofreu um ataque cardíaco. O corpo está sendo velado na central de velórios Osacre, na Baixa Grande. O enterro será realizado no Cemitério Pio XII, na Baixa Grande, às 17h00.

A Banca do Argentino é um dos mais frequentados pela elite intelectual da cidade, deixando de ser apenas um local onde se comercializa jornais ou revistas, mas também, um local onde se troca informações e experiências culturais.

 

Aos 30 anos, Alfredo Eduardo, que era bancário na Argentina, resolveu fazer um passeio na cidade de São Paulo, onde acabou se apaixonando pela psicóloga Marie Irene da Silva. Em 1987, os dois resolveram morar em Arapiraca, onde o empresário chegou a trabalhar em lavouras de fumo e como professor de psicotécnica. Três anos mais tarde montou a Banca do Argentino na Praça da Prefeitura.

Fonte: 96 fm

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.