noticia_26579Numa Assembleia muito concorrida, os trabalhadores dos Correios em Alagoas rejeitaram, na noite desta quinta-feira (05), a proposta de reajuste salarial de 5,27% oferecida pela Empresa no último dia 03 de setembro e decretaram Estado de Greve a partir da zero hora de hoje. Além do baixo reajuste de salário também foram rejeitados os reajustes no ticket-alimentação, no auxílio-creche e no vale-cesta.

Durante a Assembleia, o presidente do sindicato da categoria (Sintect-AL), Altannes Holanda, denunciou os Correios por estarem premeditando mudanças profundas no plano de saúde sem consultar os ‘ecetistas’. Ainda segundo Altannes, todos os trabalhadores devem estar prontos para a greve ainda neste mês de setembro em protesto contra os baixos percentuais oferecidos pela Empresa de Correios e telégrafos (ECT), por contratações de novos funcionários e melhores condições de trabalho.

A próxima assembleia que definirá os rumos da campanha salarial nos Correios e uma possível greve nacional está agendada para a noite de 17 de setembro, no Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas de Maceió, à Avenida Durval de Góes Monteiro.
HS 24 horas -De olho na notícia
Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.