Droga encontrada no porto de Ilhéus estava escondida em meio a carga de soja — Foto: Divulgação/SSP-BA

Uma operação da Polícia Federal (PF) deflagrada na manhã desta segunda-feira (22) cumpre quatro mandados de busca e apreensão em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, e em Recife (PE). De acordo com a PF, a ação tem o objetivo de dar continuidade às investigações que resultaram na apreensão de mais de 2 toneladas de cocaína escondida em carga de soja no porto de Ilhéus, no sul da Bahia, entre 19 e 20 de junho.

Ainda de acordo com a PF, estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em endereços vinculados à empresa exportadora. A sede da companhia fica em Recife. Em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães foi onde carga de soja teria sido carregada.

Com a operação, batizada de Ephestia, uma alusão a uma praga muito comum na armazenagem de grãos, busca-se o aprofundamento das investigações, com a obtenção de provas que levem à identificação dos responsáveis pela carga ilícita e o desbaratamento da organização criminosa.

Cerca de 30 policiais federais cumprem os mandados expedidos pela 13ª Vara da Seção Judiciária da Bahia.

Ainda de acordo com a PF, o contínuo enfrentamento ao tráfico de drogas já permitiu, em 2020, que a Polícia Federal tenha apreendido mais de 9.5 toneladas no de cocaína apenas em território baiano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.