Acidente aconteceu no Povoado Batingas, zona rural de Arapiraca
Acidente aconteceu no Povoado Batingas, zona rural de Arapiraca

Uma estudante de apenas 12 anos morreu após ser atropelada por uma motocicleta, na tarde desta quarta-feira (10), enquanto atravessava a AL-110, nas proximidades do Povoado Batingas, na zona rural de Arapiraca. Liliane Cavalcante da Silva estava a caminho da escola, às 12h30, quando aconteceu o acidente. Revoltados com a situação, moradores interditaram a rodovia ateando fogo em pneus e galhos de árvore.

Com impacto, a menina, que cursava o 6º ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Manoel Humberto, morreu na hora. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou o ser acionado, mas ao chegar ao local, constatou que ela já havia falecido. O motociclista fugiu do local, abandonando o veículo, uma CG-150, antes da polícia chegar, sem prestar socorro à vítima.

Protesto

Professores, alunos e moradores cobram a instalação de lombadas eletrônicas e dizem que os acidentes são constantes no local pela falta de sinalização. Cerca de 60 pessoas com interditaram a rodovia nos dois sentidos, às 15h30. Eles colocaram pneus, galhos, sofás e troco de árvores e logo em seguida atearam fogo.

A reportagem do Portal 7Segundos conversou com a professora Ana Karla Messias, ela ministrava aulas para a aluna morta atropelada em frente a escola. Presidente do Conselho Escolar da Escola Manoel Humberto, a docente informou que vários ofícios já foram enviados às autoridades responsáveis para a criação de lombadas e sinalização do trecho em frente a escola.

“Este é o segundo aluno que perdemos na chegada da escola, não aguentamos mais essa situação de ver nossos alunos mortos precocemente em frente à escola”, desabafou a professora. Nos próximos dias haverá uma reunião na escola para discutir novamente sobre o assunto.

Fonte: 7 Segundos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.