CRÉDITO: ÍTALLO TIMÓTEO
CRÉDITO: ÍTALLO TIMÓTEO

O detento Antônio Abílio dos Santos, 26 anos, acusado de participar da morte da criança José Paulo Gomes da Silva de apenas 6 anos, no último domingo (3), na cidade de Inhapi foi agredido por companheiros de cela, na noite desta quinta-feira (8), na Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) em Delmiro Gouveia.

 

O detento ficou com cerca de 80% do corpo do queimado e teve que ser transferido no início da manhã desta sexta-feira (9), para Hospital Geral do Estado em Maceió, seu estado de saúde é grave e  corre risco de morte. Os outros dois adolescentes que foram apreendidos acusados na participação do assassinato da criança, também ficaram feridos, mas o quadro de saúde deles é estável e estão fora de perigo.

 

De acordo com a polícia, Antônio Abílio estava em uma cela separada, porém, ontem, como é de costume, os policiais foram realizar uma varredura nas carceragens da delegacia e encontraram o preso no chão com as mãos amarradas e com  um pano na boca. Rapidamente os policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

A cena era forte, foi assim que os profissionais do SAMU e Agentes Civis relataram o caso , o mesmo recebeu os primeiros socorros ainda na carceragem e em seguida foi levado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Delmiro Gouveia.

 

Hoje pela manhã (9), devido aos graves ferimentos, o acusado de estupro foi transferido para o Hospital Geral do Estado em Maceió. Já os adolescentes que também foram queimados ainda estão na UPA.

 

Nenhum detento falou quem foram os autores da ação, o caso será investigado pelo delegado regional Rodrigo Rocha Cavalcanti.

HS24horas.com.br – De olho na notícia

Com informações do Radar89

Crédito das foto: Radar89

Galeria de fotos:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.