José Lourenço ainda tentou abusar criança de cinco

Uma denúncia anônima levou policiais militares do 2º BPM a prender na tarde deste sábado(20), no centro da cidade de União dos Palmares, o agricultor José Lourenço dos Santos, 50, residente no sítio Serra da Imbira, zona rural de cidade. José Lourenço é acusado de ter estuprado duas irmãs: M. K.S, 13, e M.K.S.S, 15, e ainda tentou estuprar outra menor, J.S.S prima das vítimas, de cinco anos de idade.

De acordo com a senhora Maria de Fátima, 28, tia das menores, José Lourenço ameaçava a todo instante a familiares das vítimas para que não o denunciasse. “Esse monstro estuprou as minhas duas sobrinhas e tentou fazer sexo com a prima delas que só tem cinco anos. Ele vivia nos ameaçando dizendo que se a gente denunciasse para a polícia ele matava todo mundo. Graças a Deus que a polícia prendeu esse bandido que além de ter estuprado as meninas andava perseguindo minha outra sobrinha”, disse a doméstica bastante revoltada.

O delegado Antônio Rosalvo, titular da delegacia de São José da Laje, de plantão na regional de União dos Palmares ouviu familiares das menores e após verificar no sistema de segurança SISPOL, constatou que o acusado tinha mandado de prisão em aberto.

“Logo após tomar conhecimento do fato entrei em contato com a Polícia Militar para que efetuasse a prisão desse bandido, e ao chegar à delegacia o interroguei e ouvi algumas pessoas que tomaram conhecimento do fato, bem como, alguns familiares das menores para adotar as medidas cabíveis”, disse o delegado.

A situação de José Lourenço é crítica haja vista que os 37 detentos que estão na carceragem da delegacia ameaçam a todo instante a integridade física do acusado “Estamos providenciando a transferência dele para outra delegacia porque o clima aqui na regional é tenso e temos que preservar a integridade física do acusado”, disse Alex Sandro Borges, chefe de operações policiais de São José da Laje.

HS 24 horas / Por Roberto Ventura 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.