Um homem acusado de ameaçar e planejar um atentado contra os filhos do vigilante assassinado recentemente em Capela morreu durante uma ocorrência conjunta entre as polícias civil e militar na tarde da última quinta-feira, 7. Identificado como Roberto Santos Rosendo Júnior, 25, o acusado resistiu à prisão e entrou em confronto com os agentes de segurança.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE) emitiu nota na qual informa que o crime estava sendo arquitetado por Roberto e mais dois homens. “A polícia tinha informações segundo as quais ele, juntamente com dois malfeitores de Alagoas, estaria planejando um atentado contra os filhos do vigilante Mario Sérgio”, explica a secretaria.

Conhecido pelo apelido de “Chocolate”, o homem possuía passagem pelo sistema prisional pelo crime de homicídio, mas estava em liberdade quando houve a constatação das ameaças.

Conhecido como Chocolate, o homem morreu em ação policial. (Foto: SSP)

O caso será detalhado na manhã desta sexta-feira, 8, em coletiva de imprensa a ser prestada pelo delegado Wanderson Bastos na sede da SSP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.