“Galeguinho Carroceiro” foi preso portando um revólver calibre 38; há cerca de dois meses ele deixou o Sistema Prisional
“Galeguinho Carroceiro” foi preso portando um revólver calibre 38; há cerca de dois meses ele deixou o Sistema Prisional

Após o assassinato de Wellington Leite Vieira, 26 anos, ocorrido nesta tarde (18), policiais do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes), pertencentes ao 11º BPM, sediado em Penedo, iniciaram as buscas pelo suspeito, que acabou sendo preso por volta das 15h30min deste domingo.

Veja matéria do crime

O acusado, Willams Ferreira da Silva, 25 anos, conhecido por ‘Galeguinho Carroceiro’, foi capturado escondido por baixo de uma cama, no Bairro Dom Constantino, próximo ao local do crime.

“Com as informações do suspeito, iniciamos as buscas. Passamos na casa do cunhado da vítima, que já tinha sido preso no mês passado, ao esconder crack na fralda do filho. Quando nos informaram que o suspeito de assassinato estaria tentando fugir pulando o muro de algumas residências”, contou um militar que participou da prisão.

“Fechamos o cerco, depois que ele pulou a quinta casa, terminamos encontrando ele escondido por baixo de uma cama. Com ‘Galeguinho’, achamos um revólver calibre 38. Em seguida, o conduzimos para a 7ª Delegacia Regional de Penedo, para que fossem tomados os procedimentos necessários”, encerrou o praça.

Na delegacia, a esposa de Wellington Leite Vieira, 26 anos, reconheceu o preso em flagrante, como sendo o assassino que efetuou os três disparos de arma de fogo na vítima.

Deixou o Sistema Prisional recentemente

Willams Ferreira da Silva, 25 anos, há cerca de dois meses deixou o Sistema Prisional de Alagoas. Onde, cumpriu pena por homicídio. ‘Galeguinho Carroceiro’, como é conhecido, assassinou José Ailton dos Santos, 21 anos, crime registrado em 2011, na localidade conhecida por Campo Redondo, zona rural de Penedo.

Ele praticou o crime em um açude na localidade, quando parou para dar banho em seu animal. Momento em que José Ailton se aproximou oferecendo uma dose de cachaça. Willams rejeitou afirmando que não queria. A vítima insistiu e tentou fazer com que ‘Galeguinho’ tomasse à força. Irritado, Willams desferiu um golpe de faca peixeira no peito da vítima, que foi socorrida para à Unidade de Emergência Antônio de Jesus, vindo a falecer pela gravidade do ferimento.

O acusado, já está à disposição da Justiça, onde vai responder por mais um homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Willams Ferreira da Silva, 25 anos, residia na Avenida Guarani, nº 205, bairro Dom Constantino, ‘Vila Matias’.

HS 24 horas -De olho na notícia / PoRoberto Miranda

Fotos:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.