Vídeo chocante mostra homem gay sendo espancado e queimado vivo na África

0
204
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A África é, definitivamente, o pior lugar do mundo para ser gay. Recentemente, o parlamento do Uganda aprovou uma lei que pune os homossexuais com penas que poderão chegar a prisão perpétua, situação condenada pela comunidade internacional e considerada pelos deputados locais como uma vitória contra o “mal”. A lei é repudiada em democracias ao redor do mundo.

Em protesto, ativistas do movimento LGBT estão divulgando nas redes sociais um vídeo extremamente chocante. A gravação mostra um homem negro na África sendo morto após levar pancadas e ser incendiado vivo. A autenticidade do registro não foi confirmada, mas foi realizada em meados de 2013.

De acordo com o blog Papai Gay, existem muitos relatos na internet sobre esse caso, mas o consenso é de que a vítima era um homem gay e que foi morto por homofobia. Além de Uganda, a homossexualidade é crime em vários países africanos e, em muitos, é punido com a pena de morte.

ASSISTA AO VÍDEO (IMAGENS EXTREMAMENTE FORTES):

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here