Três acusados de estuprar jovem em saída de festa são condenados

0
19
Michael, Ítalo e George são apontados como estupradores da advogada (Foto: Marina Fontenele/G1)
Michael, Ítalo e George são apontados como estupradores da advogada (Foto: Marina Fontenele/G1)

Três homens acusados de estuprar uma advogada na saída de uma festa à fantasia foram condenados pela Justiça a cumprirem, cada um deles, 10 anos e 11 meses de prisão em regime fechado. A sentença se tornou pública nesta quarta-feira (15), mas foi proferida pela juíza Jumara Porto Pinheiro na semana passada. O crime aconteceu em novembro de 2013 na região do Mosqueiro em Aracaju (SE).

Os condenados são o motorista Michael Santos, 25 anos, o pescador Ítalo Pinheiro Nascimento, 21 anos, e o auxiliar de pedreiro George Wagner dos Santos, 32 anos. Os três estão presos desde o dia 10 de dezembro do ano passado.

Em entrevista coletiva na época do crime, a delegada Renata Aboim, da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), disse um dos suspeitos confessou o crime e delatou a participação dos outros dois que depois acabaram assumindo a culpa diante das apresentações das provas. “Os suspeitos não contavam que a vítima se recordaria deles, mas ela lembrou perfeitamente e teve certeza absoluta quando viu as fotos e fez o reconhecimento pessoal”, disse.

O grupo estava bebendo na porta da festa quando viram a vítima caminhando sozinha. A jovem, que tinha 24 anos na época, caiu e se machucou, foi nesse momento que os suspeitos se aproximaram e seguiram a advogada até próximo a chácara onde ela estava hospedada, que fica perto do local da festa, lá os três praticaram o estupro.

HS 24 horas -De olho na notícia

Fonte: G1 / SE

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui