Radialistas e patrões não entram em acordo e mais uma rádio poderá ser fechada nos próximos dias

0
40
Reajuste dos radialistas de Sergipe
Radialistas e classe patronal não entram em acordo (Foto: Portal Infonet)

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira,10, no Ministério do Trabalho, entre representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Rádio, Televisão Aberta, por Assinatura e Publicidade do Estado de Sergipe (STERTS) e do Sindicato das Empresas de Rádio, Televisão e Jornais do Estado de Sergipe (SINERTEJ), as partes mais uma vez não entraram em acordo com relação a itens da pauta reivindicada pelos radialistas.

De acordo com o presidente do sindicato dos radialistas, Fernando Cabral, as negociações chegaram à 7ª rodada, mas nenhum avanço foi sinalizado pela classe patronal.  Na reunião de hoje, a categoria solicitava da classe patronal o reajuste salarial linear de 9,0%, e concessão de vale alimentação, mas as reivindicações foram negadas pelos representantes do SINERTEJ, que alegou a impossibilidade de onerar as empresas nesse momento de crise em que vive o país.

Ainda de acordo com Cabral, a categoria não vai mais recuar quanto às negociações, e que em assembleia irão definir as próximas ações do sindicato, inclusive escolher qual a emissora que será fechada nos próximos dias. “Não podemos mais recuar. Já estamos há seis anos tentando conseguir a o vale alimentação  para os nossos trabalhadores, mas sempre encontramos essa recusa. Vamos continuar a nossa luta, e vamos definir qual empresa vamos fechar em mais uma ação de paralisação do sindicato”, finalizou.

 

Fonte: Infonet

Portal  HS24horas.com.br – De olho na notícia
Você pode contribuir com informações para o portal
E-mail: herivelto@hs24horas.com.br
Whatsapp: (079) 9170.4056 (Disponível apenas para Mensagens e Fotos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here