Criança sequestrada no comércio de Penedo é encontrada na Marituba do Peixe

0
28
Fernanda Ferreira da Costa, 29 anos e o seu filho de apenas dois meses, Antônio José

Final feliz. Após dois longos dias, terminou o sequestro do bebê de dois meses, Antônio José, levado da mãe, Fernanda Ferreira da Costa, 29 anos, no ultimo sábado (20), no comércio de Penedo. Após uma mulher oferecer ajuda para segurar a criança (ver matéria relacionada).

A descoberta da acusada se deu através de uma ligação anônima, onde agentes plantonistas da 85º DP, com as informações recebidas, iniciaram as investigações. “Ligaram informando que a criança sequestrada poderia estar no povoado Marituba do Peixe, distrito de Penedo. Nos dirigimos ao local mencionado e encontramos a sequestradora deitada na cama, ao lado do bebê Antônio José”, esclareceu o chefe de operações, Antônio Augusto.

Genilsa Caetano dos Santos, 27 anos, foi presa em flagrante delito pelo crime de sequestro e cárcere privado. A acusada sequestrou o bebê na tentativa de substituir uma gestação interrompida aos cinco meses. “Eu abortei em casa aos cinco meses, não sei bem o que aconteceu. Tentei esconder a perda para a minha mãe e o meu marido, trazendo outra criança para casa”, disse.

A sequestradora segundo o seu depoimento, teve a gravidez interrompida e, não tinha contado para ninguém. Na tentativa de substituir, raptou o bebê de dois meses e levou para a sua casa na Marituba do Peixe, zona rural de Penedo e contou para ao marido que era a criança dos dois que acabará de nascer.

Com o seu filho nos braços, Fernanda Ferreira da Costa, 29 anos, agradeceu o empenho de todos em encontrar, Antônio José, de apenas dois meses. “Agradeço primeiramente a Deus por me dar forças nestes dois dias que fiquei longe da minha criança. Dois dias de sofrimento, sem comer, sem fazer nada. Nosso Senhor quem fortaleceu a nossa família. Em segundo lugar, aos agentes que trabalham para trazer meu bebê de volta aos meus braços”, comemorou Fernanda Ferreira que volta para o povoado Capela, onde reside na zona rural de Penedo, com o seu filho nos braços.

A ação policial foi coordenada pela equipe do delegado plantonista Thomaz Acioly, da 85º Delegacia de Polícia da Cidade de Porto Real do Colégio, com o apoio dos agentes, Antônio Augusto e Milton Santos.

HS 24 horas -De olho na notícia

Fotos:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here