Amorim e Maria votaram pelo retorno de Aécio Neves ao Senado

Já Antonio Carlos Valadares votou contra.

0
101

O Plenário tornou sem efeito nesta terça-feira (17) a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que havia afastado do mandato e determinado o recolhimento noturno do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

De Sergipe, os senadores Eduardo Amorim e Maria do Carmo votaram a favor de Aécio Neves. Já Antonio Carlos Valadares votou contra. Aécio Neves estava afastado temporariamente do mandato desde 26 de setembro.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denuncia o tucano por corrupção passiva e obstrução de Justiça, com base em delações premiadas do grupo empresarial J&F. Ele foi gravado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui